Saiba por qual razão Luiz Carlos Trabuco Cappi tem trabalhado em duas funções no Bradesco

Resultado de imagem para Luiz Carlos Trabuco Cappi
Luiz Carlos Trabuco Cappi

A perpetuação das realizações do Bradesco foi apontada por Lázaro Brandão como algo que deve ser feito pelo novo presidente da instituição assim que este tomar posse do cargo. A alegação veio no momento em que o executivo decidiu pela renúncia ao posto de presidente do conselho de administração da companhia. Uma coletiva de imprensa foi convocada para que ele anunciasse sua saída do departamento. Com isso, coube a Luiz Carlos Trabuco Cappi assumir o cargo de seu colega, fazendo com que a companhia se movimentasse no sentido de promover a escolha de quem assumirá o posto na presidência do grupo.

Precedido pelo empresário Amador Aguiar, que fundou a instituição e presente no mesmo cargo desde 1990, Brandão e é um dos profissionais com mais tempo de casa, assim como Luiz Carlos Trabuco Cappi. Durante a coletiva, ao ser questionado sobre as possíveis razões para sua saída, o executivo afirmou que a companhia tem necessitado cada vez mais de renovação. Apesar de não atuar mais no conselho administrativo, ele não deixará de trabalhar no grupo, uma vez que o conselho das sociedades controladoras do Bradesco o terá como o novo presidente.

Com a percepção de que os avanços de ordem tecnológica não cessam, o agora ex-presidente do conselho de administração do banco ressaltou que a instituição tem atuado intensivamente no intento de acompanhá-los de maneira eficaz. Além disso, Brandão comentou acerca da compra de uma unidade oriunda de outra organização concorrente. Segundo ele, tal aquisição foi bastante produtiva para a projeção do banco no mercado. O negócio, de acordo com as considerações do executivo foi caro e, apesar disso, foi proveitoso.

A saída de Brandão do posto que ocupava há décadas gerou a expectativa da escolha de um novo presidente executivo para a instituição, já que Luiz Carlos Trabuco Cappi irá ocupar futuramente apenas o cargo no conselho de administração. De acordo com o que foi dito durante a entrevista coletiva, o profissional eleito à presidência obedecerá aos trâmites tradicionais do banco. Assim sendo, estima-se que até o primeiro trimestre de 2018 tal assunto esteja resolvido dentro da organização.

Até que a instituição decida de fato o nome de quem irá presidir a companhia, Luiz Carlos Trabuco Cappi atuará tanto no conselho de administração, quanto na presidência da corporação. Em relação às qualidades que o novo presidente deverá ter, Brandão destacou que há a necessidade de ser alguém com a devida visão do mercado, que tenha uma forma própria de agir e que compreenda que o momento tratado é de continuidade do que já foi construído pela empresa.

Mesmo que a situação de Luiz Carlos Trabuco Cappi, pelo fato de ocupar simultaneamente cargos distintos e estratégicos na empresa, seja considerada rotineira em outras instituições financeiras de outros países, dentro do banco brasileiro a situação não ocorrerá de modo permanente, pois a política da organização prevê que cada profissional responda por apenas um posto de trabalho. Dessa forma, Brandão deixou claro o caráter transitório da acumulação de funções dentro da companhia.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *