Museus no Reino Unido fazem homenagens no centenário das sufragistas

Em 2018, completa-se cem anos desde que foi instaurado o “Representation of the People Act”, uma emenda na legislação da Inglaterra que garantiu que as mulheres tivessem o direito votar. Para a comemoração desse centenário, o Reino Unido tem organizado e patrocinado eventos e exposições em sete cidades, Manchester, Londres, Bristol, Leicester, Leeds, Nottingham e Bolton, as quais tiveram uma relação direta com o movimento sufragista do início do século XX.

O movimento sufragista da Inglaterra possui uma relevância enorme para o feminismo e a cultura popular, já tendo sido representado várias vezes no cinema e na televisão. A representação mais recente aconteceu em 2016, no filme “As Sufragistas”, estrelado pela ganhadora do Oscar, Meryl Streep.

Segundo as notícias, na cidade de Manchester, que é onde surgiram as primeiras iniciativas do movimento sufragista, foram programados três eventos de grande porte. O primeiro aconteceu no mês de março e foi chamado de “Wonder Woman 2018”, o qual contou com debates, exibições e apresentações artísticas sobre o tema em vários pontos da cidade.

Um dos grandes destaques desse evento foi a exposição “She Bangs The Drums”, que ficou exposta no Museu da Ciência e Indústria de Manchester. Durante essa exibição, os visitantes tiveram a chance de assistir a uma performance de teatro que recriou com maestria a história das mulheres que revolucionaram a democracia da Inglaterra no início do século passado.

Além disso, o People’s History Museum, também na cidade de Manchester, colocou em exibição desde o início de junho uma coleção de artigos históricos que foram usados pelas sufragistas no ano de 1908, que incluem broches, banners e cartoons. Por outro lado, a casa Pankhurst Centre, que é onde ficava a residência da líder do movimento sufragista britânico, Emmeline Pankhurst, está promovendo vários eventos e workshops em comemoração ao centenário.

Na capital Londres, por sua vez, o Museum of London manterá em exibição até fevereiro de 2019 a exposição “Votes for Woman“, a qual é formada por várias atividades interativas com foco no público de todas as idades, incluindo jogos, banners, workshops e conteúdo histórico sobre a origem do movimento e como ele foi importante para a sociedade britânica.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *