Saiba quais fatores causam o envelhecimento do cérebro

Um estudo recente, que utilizou como base mais de 62 mil tomografias de 31 mil pacientes diferentes, foi responsável por indicar quais são os fatores que provocam o envelhecimento precoce do cérebro humano. Condições psicológicas e algumas práticas comportamentais, como o consumo excessivo de álcool e maconha, foram alguns dos aspectos levantados.

Feito em parceria entre pesquisadores do Google, da Universidade da Califórnia e da John’s Hopkins University, a expectativa é de que esse estudo seja publicado muito em breve pelo prestigiado periódico médico e científico “Journal of Alzheimer’s Disease”.

Segundo esse estudo, o fator que mais provoca o envelhecimento do cérebro é a esquizofrenia, que causa uma aceleração média de 4 anos, o consumo em excesso de maconha, em cerca de 2,8 anos, transtorno bipolar, em uma média de 1,6 ano, transtorno de déficit de atenção e hiperatividade, em cerca de 1,4 ano, e, por fim, o consumo em excesso de álcool, que causa aceleração de 6 meses.

Apesar dos pesquisadores terem considerado essa hipótese ao longo da fase de pesquisa, o estudo revelou que a depressão não está relacionada ao envelhecimento acelerado do cérebro. Para chegar a essa constatação, foram analisadas mais de 120 regiões do cérebro de milhares de voluntários.

Os indivíduos que fizeram parte desse estudo eram de diferentes faixas etárias, variando desde os 9 até os 105 anos. Com isso, o objetivo da pesquisa era coletar o máximo de informações possíveis sobre envelhecimento cerebral, para assim contribuir para o desenvolvimento ee tratamentos que melhorem e estimulem as funções cognitivas das pessoas doentes e sadias.

De acordo com o autor do estudo, o médico Daniel G. Amen, de agora em diante será mais fácil de constatar as desordens e os comportamentos que causam o envelhecimento cerebral de forma precoce. Consequentemente, a adoção de tratamentos adequados podem fazem com que ocorra uma desaceleração ou até mesmo uma paralisação por completo desse processo.

As descobertas acerca do uso em excesso da maconha como fator de risco também são notícias importantes, tendo em vista a tendência cada vez maior das pessoas em considerarem essa substância praticamente indefesa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *