Principais desafios do empreendedorismo

Foi apenas recentemente que o empreendedorismo foi estudado como sua própria categoria distinta de negócios. O incrível sucesso de empresas outrora pequenas como Microsoft, Virgin e Dell revelou que o empreendedorismo é sua própria classe de negócios com muitos desafios e oportunidades únicos. Como o campo tem recebido cada vez mais foco, estratégias específicas para empreendedorismo de sucesso começaram a surgir.

O principal desafio do empreendedor é competir com empresas maiores, mais conhecidas e mais engenhosas. Como é possível começar com uma equipe pequena, orçamento limitado e uma base de clientes minúscula que esperam competir com os gigantes do setor? Eles fazem isso transformando suas fraquezas em seus pontos fortes. Por sua própria natureza, as empresas iniciantes podem ser mais flexíveis e pouco ortodoxas do que seus principais concorrentes.

O marketing é uma área onde os empresários podem realmente definir uma identidade única para si mesmos. Pense em todos os anúncios inteligentes que surgiram da primeira onda de start-ups da Internet. A Pets.com, por exemplo, conseguiu transformar um simples fantoche de meia em um porta-voz reconhecido nacionalmente. Como o marketing é uma ferramenta disponível para qualquer empresa que deseje investir nele, essa é uma das melhores maneiras de as empresas emergentes definirem sua imagem na mente dos consumidores.

O marketing empreendedor é menos sobre uma única estratégia de marketing e mais sobre um espírito de marketing que se diferencia das práticas tradicionais de marketing. Ele evita muitos dos princípios fundamentais do marketing, porque eles são normalmente projetados para empresas grandes e bem estabelecidas. O marketing empresarial utiliza um conjunto de ferramentas de práticas de marketing novas e não ortodoxas para ajudar as empresas emergentes a se firmarem em mercados lotados.

Muitas estratégias de marketing empreendedoras nascem da necessidade. Novos negócios podem ter 10, cinco ou apenas uma pessoa trabalhando em seus esforços de marketing. Eles trabalham dentro de orçamentos limitados e têm acesso a uma fração dos recursos que seus principais concorrentes têm. Luxos como equipes de design gráfico e consultores de publicidade muitas vezes estão fora dos meios de start-ups, exigindo que eles encontrem maneiras de obter o máximo impacto com recursos limitados.

Cestas de Presente ultrapassam flores na preferência feminina

As Cestas de Presente estão invadindo o mercado para ficar no hall das escolhas femininas na hora de receber um presente. Cestas com itens de spa, espumantes, queijos finos e chocolates importados tem sido cada vez mais procuradas pelos homens na hora de agradar suas parceiras.

As Cestas de Café da manhã sempre foram populares por aqui,  mas uma cesta de presente mais completa, com itens não só comestíveis é algo relativamente novo no comércio eletrônico brasileiro.

Dados do Instituto Brasileiro de Ecommerce afirmam que receber uma Cesta de Presente  já ultrapassou as flores na preferência das mulheres.

No exterior esse tipo de presente já se popularizou a mais tempo. Empresas estão inclusive se especializando na entrega internacional de presentes.

O número de residentes no exterior tem crescido com a crise econômica  e com isso muitos cidadãos brasileiros tem ido morar em países como os Estados Unidos, Portugal, Espanha, França, Canadá, entre outros.

Dessa forma a necessidade de envio de um presente para familiares no exterior vem crescendo e com ela a demanda por este tipo de serviço. Números recentes mostram que relacionamentos a distância facilitados pela internet com pessoas de outros países também tem se tornado cada vez mais populates.

Segundo dados de instituições que regulamentam o comércio eletrônico brasileiro os tipos de presentes mais populares para as mulheres no formato de Cesta de Presente são  Chocolates gourmet, produtos de spa, e cestas de frutas, além de espumantes.

As Cestas de Presente vem substituindo gradativamente inclusive presentes tradicionais como roupas, eletrônicos e perfumes.

Em uma Cesta de Presente é possível agradar os mais diversos tipos de personalidade pois em um mesmo presente você pode abranger uma variedade maior de items.

Segundo o IBCE é previsto um crescimento de 27% no ano de 2019 nessa modalidade de comércio e com isso vale cada vez mais a pena investir neste tipo de presente se você deseja agradar a sua parceira no próximo Dia dos Namorados ou data comemorativa.

A queda do dólar e a ventilada redução de impostos aos empresários com as mudanças atuais o comércio de importados de alta qualidade como chocolates e vinhos tende tornar o negócio de Cesta de Presente ainda mais popular.

 

Empreendedorismo

Ser capaz de ser responsável pelo processo de economia empreendedora e ser capaz de se beneficiar de qualquer tipo de ganhos ou lucros que a empresa faz é tremendamente atraente para muitas pessoas que desejam conquistar seu próprio lugar no mundo.

Notícias sobre este aspecto de se tornar um empreendedor está bem em contraste com outras carreiras no mundo que envolvem ser um empregado assalariado. Funcionários assalariados em grandes corporações não têm qualquer propriedade da empresa que os está empregando e, mesmo que o façam, muitas vezes é em quantidades tão pequenas que não seriam capazes de influenciar qualquer tipo de decisão importante que a empresa esteja tentando fazer. .

A falta de propriedade por parte de empregados assalariados muitas vezes faz com que fiquem relativamente desmotivados para fazer o melhor trabalho possível pelo seu trabalho, além do fascínio de uma promoção e de um salário mais alto. Isso contrasta com um empreendedor que entende que, quanto mais esforço eles colocam em seus negócios, a motivação que eles são capazes de angariar para seus negócios, maior a probabilidade de eles conseguirem fazer lucros exponenciais no mercado.

Os lucros que um empreendedor poderá fazer são literalmente ilimitados. Voltando ao exemplo de Jeff Bezos, ele provavelmente nunca teria concebido que seu pequeno site online de E-Commerce se tornaria uma das maiores empresas do mundo, mas o fez.

Este não é o caso quando se trata de empregos assalariados regulares em grandes corporações. Os aumentos salariais são incrementais com base em classificações pré-determinadas e o salário mais alto que um funcionário pode esperar é o do CEO. Mesmo o CEO muitas vezes tem uma parte minúscula da própria empresa e muitas vezes é substituído após alguns anos no trabalho.

Assim, olhando para a comparação entre os impulsionadores e as motivações de possuir um negócio em comparação a ser um empregado assalariado, é fácil ver por que tantas pessoas optam por se tornar empreendedores. No entanto, um aspecto que os funcionários assalariados podem desfrutar muito mais do que o empreendedor é o conceito de segurança e falta de risco.

Ser assalariado em uma empresa sem qualquer propriedade significa que há uma quantidade clara de dinheiro que um funcionário poderá ganhar a cada ano, independentemente de como a empresa opera, pelo menos no curto prazo. Além disso, em setores estabelecidos, como a legislação societária, a progressão e a classificação de cada membro do negócio estão bem estabelecidas e aumentos incrementais no salário podem ser esperados e previstos com bastante antecedência.

Novo empreendimento de Guilherme Paulus, em SP, será um hotel butique

Com o anúncio de um novo “hotel butique”, Guilherme Paulus está dando o que falar. Se é certo que, no segmento hoteleiro, ele certamente vira assunto, dados os atuais empreendimentos do seu grupo GJP, eis que será então, desta vez, manchete de jornal, com seu novo hotel de luxo, localizado na avenida Cidade Jardim, em São Paulo capital. Com essa ideia mais singular posta em prática, sendo que está prevista para ser lançada, provavelmente, entre os anos de 2020 e 2021, esse empresário, que é, além de dono do referido grupo referência em hotéis, também um dos maiores acionistas da igualmente célebre operadora de turismo CVC, acrescentará mais um marco à sua carreira: a criação de uma nova bandeira, uma nova marca de hotéis de luxo.

Ao que tudo indica, é essa a pretensão de Guilherme Paulus, com o tal “hotel butique”. E espera-se, com essa iniciativa de uma nova bandeira além das quatro já criadas pelo grupo (Wish, Prodigy, Linx e Saint Andrews), que siga-se a mesma tendência dos hotéis Emiliano, estes também de luxo. Afinal, seguindo essa referida linha, a bandeira recém-inaugurada viria a se estender pelo menos ao Rio de Janeiro, não limitando-se apenas ao Estado de São Paulo. Mas enquanto o mistério da bandeira escolhida não é resolvido, fiquemos com o que já foi divulgado e afirmado pelo próprio empresário Guilherme Paulus: o hóspede do hotel butique terá 65 apartamentos à sua disposição de escolher um deles. E se a fome bater, o que provavelmente ocorrerá, ele terá acesso a um formidável restaurante, contendo ainda, como bônus, um espaço para eventos. No mais, vale pontuar que o hotel possuirá rooftop também.

Outra questão que precisamos tratar é a da localização específica desse novo hotel de tipo butique, a qual já está, desde agora, precisamente definida, visto que Guilherme Paulus antecipou-se em comprar o imóvel para a realização desse empreendimento. Trata-se, portanto, de um conhecido prédio na avenida Cidade Jardim, como já dito, porém, mais especificamente, onde ficava a agência de publicidade de nome DPZ, tempos antes.

Contudo, como a entrega desse novo hotel de nova bandeira, ao que tudo indica, demorará cerca de dois a três anos para ocorrer, o leitor que quiser conhecer, desde aqui, a excelência dos serviços prestados pela GJP Hotels e Resorts, na qual Guilherme Paulus é presidente, tem à sua disposição, por enquanto, doze opções para hospedagem. Sim, dando tudo certo, o hotel butique será o décimo terceiro empreendimento do empresário nesse segmento mercadológico.

Podemos sugerir duas opções dentre esse total de doze, ambas situadas na mesma região: a Serra Gaúcha. Todavia, apesar de situarem-se os dois, inclusive, na cidade de Gramado, o Saint Andrews Gramado e o Wish Serrano Resort possuem diferenças notórias entre si: o primeiro, em forma de castelo, situa-se dentro de um condomínio particular, bem no centro da referida cidade, dispondo de 19 suítes, ao todo; o segundo, que é um resort, por sua vez, encontra-se às margens da célebre Avenida das Hortênsias, e oferece mais de 200 apartamentos para os seus hóspedes.

Guilherme Paulus participará do Fórum Conectivdade – Hub Negócios

Guilherme Paulus — uma das personalidades mais importantes do Turismo brasileiro — participará do evento denominado Fórum Conectividade – Hub Negócios, que foi criado e organizado pelas empresas: Mercado & Eventos e Promo Marketing Inteligente.

Elas se uniram para trazer temas pertinentes ao crescimento e o futuro da indústria da aviação comercial brasileira e da América Latina, principalmente, tendo em vista que a conectividade aérea é a maior responsável pelo desenvolvimento do turismo. Sem dúvidas ela é considerada essencial para o crescimento da economia de um país.

O evento contará com debates e palestras e terá a participação de 300 profissionais. Sua principal finalidade é promover mesas-redondas para que os líderes e empreendedores do Turismo do Brasil — entre eles, Guilherme Paulus —, possam palestrar e debater as melhores práticas para o desenvolvimento desse segmento.

A organização do evento já possui sua grade de painéis programada para, assim, poder abordar os principais assuntos que envolvam a conectividade aérea. O evento contará com quatro horas e desenvolverá conteúdos, como Formação e Hub, Desenvolvimento de Rotas, Aeroportos, Políticas Públicas, entre outros.

O evento terá o patrocínio de Foz do Iguaçu, Ceará, Espírito Santo, CVC, FBHA, Localiza, Inframerica, CNC, VINCI Airports, Shift, Renaissance e Ministério do Turismo.

O Fórum Conectividade – Hub de Negócios acontecerá em São Paulo no dia 26 de novembro, no Teatro Renaissance, a partir das 13:30 hs, com inscrições gratuitas.

Sobre Guilherme Paulus

Paulus, que atua no Turismo do Brasil há cerca de 50 anos, foi o fundador da CVC Turismo em 1972, em Santo André. O negócio foi feito, na época, em sociedade com Carlos Vicente Cerchiari e ambos a transformaram no império que é hoje, principalmente, pelo empreendedorismo e visão inovadora.

A CVC foi vendida em 2009 ao Carlyle Group — ocasião em que Guilherme Paulus passou a contar com um suporte de um fundo global de investimentos — que foi fundamental para o crescimento ainda maior da empresa em questão. Contudo, ele ainda é dono de cotas e faz parte do Conselho da empresa — que fatura R$ 5,2 bilhões anuais.

O visionário Guilherme Paulus, atualmente, faz parte do Conselho da CVC Corp — como já mencionamos neste artigo — e é presidente da GJP Hotels e Resorts, que conta com hotéis luxuosos na Serra Gaúcha, entre outros locais. No momento, segue com o projeto do luxuoso hotel em São Paulo, na Avenida Cidade Jardim, que só terá a surpreender com o luxo e sofisticação.

Vale ressaltar que o empresário foi escolhido pela Revista Isto É, em 2017, como o “Empreendedor do Ano” do setor de serviços. A publicação considerou sua atuação de grande destaque no cenário turístico brasileiro.

Guilherme Paulus irá fazer parte de evento sobre negócios em SP

Guilherme Paulus é considerado nos dias de hoje como uma das maiores referências do setor do turismo no país. Portanto, foi com grande entusiasmo que o Fórum Conectividade, confirmou a participação do executivo na próximo edição do evento. Com data marcada para o dia 26 de novembro, no Teatro Renaissance, em São Paulo, o evento foi endossado pela Promo Marketing Inteligente e pela Mercado & Eventos.

Guilherme Paulus, que foi o fundador da rede CVC e atualmente está na liderança do grupo GJP Hotels e Resorts ficará encarregado de finalizar a primeira etapa do evento, na companhia do secretário de Turismo do estado do Ceará, Arialdo Pinho. Ambos irão liderar o painel chamado “Formação de Hub”, o qual está previsto para iniciar por volta das 15h30.

O painel “Formação de Hub” terá uma entrevista com Arialdo Pinho conduzida por Guilherme Paulus, na qual o secretário vai explicar melhor sobre como é possível desenvolver uma cooperação dentro dos aeroportos com os agentes responsáveis pelo processo de formação de um hub. Para estudo de caso, será utilizado o exemplo de Fortaleza, que se tornou hub de duas companhias, a Gol e a Air France/KLM.

Ao todo, o Fórum Conectividade irá recepcionar cerca de 300 profissionais, e tem o intuito de estimular a troca de ideias e o debate entre os principais líderes desse segmento. Para completar, o evento também possui o foco em arquitetar práticas que incentivem o crescimento desse setor e ainda auxiliem a aviação comercial em todo o país e também na América Latina.

A rede GJP Hotels e Resorts de Guilherme Paulus conta até o momento com quatro categorias, a Wish, que abrange os estabelecimentos cinco estrelas; a Prodigy, que é dos hotéis quatro estrelas; a Linx, que diz respeito aos empreendimentos três estrelas e, por fim, a categoria premium Saint Andrews, que é formada por um hotel na cidade de Gramado, o qual é tido como um dos mais luxuosos do Brasil.

Até meados do ano de 2017, cerca de 100 mil hóspedes haviam passado pelos estabelecimentos da GJP, que é movida pelo trabalho de aproximadamente 2 mil colaboradores. A taxa de ocupação dos hotéis, por sua vez, já se aproxima da margem dos 70%, um índice muito difícil de ser alcançado com base na média nacional.

Apesar do sucesso de seus empreendimentos, Guilherme Paulus garante que no ramo da hotelaria é preciso estar sempre investindo em melhorias e modernizações. Através dessa estratégia, o executivo tem tido sucesso em colocar os seus hotéis entre os mais elogiados do país, sendo possível citar o exemplo do Wish Foz do Iguaçu, o qual venceu a categoria de melhor hotel de golfe do Brasil na premiação realizada pelo World Golf Awards.